Clique na imagem para abrir o site

Você quer realizar o sonho de viajar para Israel?

Você quer realizar o sonho de visitar Israel?

Agora você pode realizar este sonho, entre em contato comigo por e-mail ou telefone, estamos montando uma caravana e temos ótimas condições para todos aqueles que desejam conhecer a Terra Santa e pisar na terra onde Jesus pisou, não perca esta oportunidade. Todos os meus contatos você encontra mais abaixo, não deixe para amanhã, entre em contato agora mesmo.
Todo cristão deve conhecer a Terra Santa, não perca esta oportunidade.

18 de jun de 2011

Porquê sou contra o PL 122/06 (2ª mensagem)

Continuo nesta mensagem a expor minha indignação contra o PL 122/06 que não é prejudicial apenas aos cristãos, mas também a todos os não homossexuais, a fim de transformá-los em uma sociedade com privilégios nunca antes visto. Lembro por esse artigo que a nossa luta não é contra a lei, mas contra parte dela, ao dar aos homossexuais privilégios que nem o Presidente da República tem.
Art. 4º-A; Praticar o empregador ou seu preposto atos de dispensa direta ou indireta:
Pena: reclusão de 2 a 5 anos.
Então nenhum homossexual poderá ser mandado embora do serviço, porque ele pode alegar na justiça que foi despedido por discriminação e seu ex-patrão poder ir pra cadeia, mesmo que o indivíduo seja mandado embora por incompetência ele pode entrar na justiça alegando discriminação.
Art. 7º-A Sobretaxar, recusar, preterir ou impedir a locação, a compra, a aquisição, o arrendamento ou o empréstimo de bens móveis ou imóveis de qualquer finalidade:
Pena: reclusão de 2 a 5 anos.
Que absurdo, não somos todos iguais perante a lei. A interpretação da lei deve beneficiar alguém, então a outra parte já sai perdendo, tirando as crianças que realmente devem ser favorecidas em uma interpretação da lei, mais ninguém deve ter tal benefício.
Sei que é necessário cuidar das pessoas. Eu sou ABSOLUTAMENTE CONTRA qualquer tipo de agressão física a qualquer pessoa e nisto se incluem os homossexuais. Não acredito que eles possam sofrer mais do que qualquer cidadão comum, somente por causa de sua opção sexual, mas também entendo que eles não podem se tornar especiais por causa de sua opção sexual, eles devem ter e têm, os mesmos direitos que eu tenho, não mais direitos do que eu.
Pr. Jorge Rodrigues