Clique na imagem para abrir o site

Você quer realizar o sonho de viajar para Israel?

Você quer realizar o sonho de visitar Israel?

Agora você pode realizar este sonho, entre em contato comigo por e-mail ou telefone, estamos montando uma caravana e temos ótimas condições para todos aqueles que desejam conhecer a Terra Santa e pisar na terra onde Jesus pisou, não perca esta oportunidade. Todos os meus contatos você encontra mais abaixo, não deixe para amanhã, entre em contato agora mesmo.
Todo cristão deve conhecer a Terra Santa, não perca esta oportunidade.

24 de ago de 2009

A oração do Senhor no Getsêmani

Jesus foi um homem de oração e freqüentemente fazia súplicas ao Pai em favor de outros (como acontece hoje em Espírito). No jardim, poucas horas antes de sua morte, Ele orava por si mesmo, mostrando-nos que é certo descarregarmos nossas inquietações e ansiedades sobre o carinhoso Pai Celestial. Nosso Senhor, além de ser divino era um ser humano. Nossas mentes frágeis não podem compreender como pode existir tal ser, nem como esta dupla natureza se encaixou em sua vida. Simplesmente cremos que é assim. Uma das evidências que Jesus foi realmente humano foi aquele choro angustiado na tranqüila noite no Getsêmani: “Pai, se queres, passa de mim este cálice” Lc 22-42a. Quando ele enfrentava a horrível perspectiva da crucificação, ele chorou profundamente e orou fervorosamente para que não precisasse beber o cálice amargo do sofrimento. Sua humanidade, naquela cena, deve ficar impressa em nossos corações.
Quando ele continua a orar, ele reconhece que todas as coisas são possíveis para o Pai, entretanto sua atitude é: “Contudo não se faça a minha vontade, e sim a tua.” Lc 22-42b. Ele reconhece que na boa providência de Deus não pode haver modo de escapar da crucificação, entretanto, em sua humanidade, ele anseia pela possibilidade remota. Ele repete a oração três vezes e não é vã repetição. Seu coração está profundamente perturbado, e seu pedido enche o silêncio da noite.
Como Deus respondeu à oração? Como não houve afirmação definitiva, sabemos qual foi a resposta de Deus. Sua resposta foi: "Não, Filho, Você não pode escapar do que foi planejado, tem que beber o cálice até a ultima gota." É possível que a resposta tenha vindo quando “lhe apareceu um anjo do céu que o confortava” Lc 22-43. Embora Deus amasse seu Filho, ele não o pouparia deste grande trauma. O plano da eternidade para a redenção do homem estava em jogo e não poderia haver nenhum ponto de retorno agora. Pelo bem-estar de suas criaturas, Deus lhe disse não, devemos ser-lhe gratos. Porque Deus disse não e porque Jesus aceitou esta resposta, temos o perdão de nossos pecados e a esperança de vida eterna. Terá Deus jamais respondido negativamente a uma oração que tivesse um impacto maior sobre nós? Ao dizer não ao seu Filho, ele estava dizendo sim a nós!
Jesus reconheceu o que precisávamos vir, a saber: Deus, o Pai, sabe o que é melhor. Toda a nossa existência é depende de Deus, ele é nosso Redentor e temos que confiar que Ele agirá em nosso melhor interesse. “Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?” Rm 8-32. As “todas as coisas” a que a passagem se refere são bênçãos espirituais e os privilégios que Ele nos pela sua Graça. Deus deixou seu Filho morrer, esperou e viu acontecer, para que você pudesse ir ter com Ele. Isto mostra que Deus quer a nossa salvação. Isso também nos faz lembrar que, algumas vezes, Deus pode nos dizer não. Há provações e aflições que eu preferiria não ter experimentado. Pedi ao Pai para afastá-las, mas algumas vezes ele me disse não. Esta foi à resposta ao pedido de Paulo para a remoção do espinho de sua carne 2 Co 12:9.
Deus disse não a tanto a Jesus como a Paulo. Um anjo veio para confortar Jesus, e Paulo ouviu de certo modo estas palavras confortantes: “A minha graça te basta” 2 co 12-9a. Como um anjo confortador, estas preciosas palavras nos ajudam a aceitar o não de Deus com dignidade e coragem. O que posso fazer senão ir avante quando Deus, em sua infinita sabedoria, dá uma resposta negativa a minhas ardentes orações?
Foi isto que Jesus fez. Ele se levantou de sua posição de oração, estendeu suas mãos para serem atadas e pregadas, e completou a tarefa que seu Pai lhe havia dado para fazer. Obrigado, Jesus, por nos mostrar como aceitar o não de Deus com dignidade e graça.
(Gary Ogden)

Paz em Cristo Jesus

10 de ago de 2009

Agradar a Deus

“Em Gibeão, apareceu o SENHOR a Salomão, de noite, em sonhos. Disse-lhe Deus: Pede-me o que queres que eu te dê.” 1 Rs 3-5.
Quando nos apresentamos diante de Nosso Pai com nossas vestes sujas o diabo sempre estará ao nosso lado para nos acusar (Zc 3-2), mas quando oramos a Deus em nome do Senhor Jesus, quando estivermos com o coração limpo, livre de toda mágoa, podemos estar até oprimido devido aos problemas enfrentados no dia-a-dia, mas com nossas vestes limpas diante do Pai, vamos também ouvir de Deus esta frase que ouviu o rei Salomão. Mas para que isto aconteça, devemos lavar nossas vestes no sangue do cordeiro (Ap 7-14), devemos nos revestir de toda armadura de Deus (Ef 6-13) para que quando nos apresentemos a Deus em oração possamos sentir que estamos sendo atendidos. Ninguém consegui nada de Deus se apresentando a Ele sem a marca da promessa que nos deu Jesus Cristo na Cruz do Calvário, Ele fez tudo isto para que nos lavássemos e nos purificássemos de todas as imundícias deste mundo que jaz no maligno.
Amados irmãos, nossa vida vale muito para Deus, se não valesse nada, Ele não teria feito todo o sacrifício que fez para nos salvar, Ele não teria exposto seu Filho a humilhação se não nos amasse. Devemos hoje nos render a Cristo, nos entregarmos de todo o nosso coração e entendimento, para que estando com Ele, recebamos o que nos prometeu.
Deus é onipotente (Ele tem todo o poder) e pode mudar a nossa vida,
Deus é Onisciente (Ele conhece tudo), conhece de nós até o que não conhecemos,
Deus é onipresente (Ele esta em todo lugar) por isso ai mesmo onde você se encontra Ele olha por você.
Não foi Israel quem decidiu ser o povo do Senhor. Também não fomos nós que resolvemos ser chamados por Deus, mas Ele assim nos fez, Ele nos escolheu. Nós temos um lugar especial no coração do Altíssimo. Assim como o Senhor possuía planos para a nação de Israel, Ele também os tem para nós. Por isso, se deixarmos a nossa vaidade falar mais alto, nunca vamos nos achegar a Deus, nunca teremos nossas vestes lavadas no sangue, nunca poderemos dizer que somos de uma família divina e é a maior estupidez que alguém pode cometer é rejeitar algo de Deus, pois, tudo que nos dá, vem da Sua graça, nós só devemos ter a humildade de dizer, não com os lábios, mas com o coração, que Ele é o nosso verdadeiro Deus, que a nossa fé esta somente Nele. Fomos eleitos em Jesus e, para todo o sempre, poderemos estar com Ele. Cristo é o Cabeça da Sua Igreja, e nós somos os membros desse abençoado Corpo (Colossenses 1.18). Nas Escrituras, o Senhor foi claro o bastante para falar o que fará com aqueles que Lhe pertencem.
Nunca pense que suas suplicas não estão sendo atendidas por Deus, pois o nosso tempo é diferente do tempo Dele, nós não sabemos que hora devemos receber algo de Deus, por isto sempre queremos na mesma hora, sempre queremos nossas orações respondidas antes mesmo de acabá-la.
“Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.” 2 Pe 3-9.
Irmãos deixemos Deus fazer a obra em nossas vidas e com certeza seremos mais felizes.

Graça e Paz em Cristo Jesus

Pr. Jorge Rodrigues

4 de ago de 2009

Somos vasos nas mãos de Deus

“Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para de a mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra?E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para perdição, para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou,” Rm 9:21,23.
Muitas vezes você tem orado, derramado seu coração com clamor e súplicas e parece que sua vitória nunca vem, está sempre tão longe! Como vaso, somos levados a casa do oleiro e ai somos quebrados e estilhaçados para ser feito um vaso novo, e isso é muito doloroso. Mas, fique alegre porque é melhor ser quebrado, amassado, estilhaçado e ser feito de novo, do que ser um vaso rejeitado por Deus. Mas Deus tem uma promessa para nós: "As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam." 1 Co 2:9.
É nos dito que sob a eleição de Deus, nós fomos chamados e feitos vasos de misericórdia para Sua honra e glória. Vasos precisam de conteúdo, precisam ser preenchidos pela graça e pelo Espírito, embora Ele nos diz que somos vasos, não nos é dada a maneira para sermos cheios, nós que precisamos buscar a água da vida, o manancial das águas para ser cheios das coisas de Deus, ser cheios do Espírito Santo, para verdadeiramente ter nossas vidas completas pela presença do Pai. É maravilhoso sermos vaso de misericórdia para honra e glória, mas é triste estarmos vazios e acabar virando vaso de desonra. Ora, a maneira para sermos cheios da Sua Presença podemos ver: “a saber: Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido.” Rm 10:9,11 .
Todo vaso tem uma boca, uma abertura. Somos vasos, como tais temos uma boca: podemos invocar o nome do Senhor e crer Nele com o coração e confessarmos que Jesus Cristo é o Senhor.'' Eu sou o SENHOR, teu Deus, que te tirei da terra do Egito; abre bem a tua boca, e ta encherei.". Sl 81:10. Então como vasos de Deus, podemos abrir a nossa boca e sermos enchidos com as suas riquezas.
Azeite = unção;
Água =Palavra revelada;
Vinho = Alegria do Espírito Santo.
Se você quer desfrutar das riquezas de Cristo, abra a sua boca, invoque-O de todo o seu coração, declare de todo o seu interior e de toda a sua alma que só Ele é o autor e consumador da sua fé, ai você verá que a sua vida será repleta de bênçãos de graça que só na pessoa do Senhor Jesus poderemos alcançar.Graça e paz em Cristo Jesus

Pr. Jorge Rodrigues