Clique na imagem para abrir o site

Você quer realizar o sonho de viajar para Israel?

Você quer realizar o sonho de visitar Israel?

Agora você pode realizar este sonho, entre em contato comigo por e-mail ou telefone, estamos montando uma caravana e temos ótimas condições para todos aqueles que desejam conhecer a Terra Santa e pisar na terra onde Jesus pisou, não perca esta oportunidade. Todos os meus contatos você encontra mais abaixo, não deixe para amanhã, entre em contato agora mesmo.
Todo cristão deve conhecer a Terra Santa, não perca esta oportunidade.

16 de mar de 2011

O que impede sua vitória

A palavra de Deus diz: "Sujeitai-vos, pois, a Deus; resisti ao diabo, e ele fugirá de vós" Tg 4:7
Muitos de nós sabemos que este mandamento que o apóstolo Tiago deixou escrito é um fato concreto para a vitória de quem esta disposto a servir à Deus. Vejam que eu escrevi que nós com seres humanos sabemos que se isto for feito seremos vitoriosos em muitos de nossos atos e atitudes que enfrentamos no dia-a-dia. O saber nem sempre é uma condição para que isto aconteça, as tentações mundanas, as dificuldades enfrentadas no decorrer das horas, os atrasos do ônibus, o transito caótico das ruas das grandes cidades, a má alimentação, pessoas tomadas por forças espirituais do mal que te enfrentam todos as dias, são atalhos que arrumamos para o nosso mal humor, para a nossa ira ou para buscar subterfúgios para os pecados que cometemos nos momentos que passamos fora da presença de Deus, e esta é a saída para resolver estes males, é estar constantemente na presença do Pai, pois quando você se sujeita ao Criador da sua vida e entrega os seus caminhos a Ele, o mal não vai conseguir ter usar para ser um instrumento nas mãos de Satanás e você vai conseguir enfrentar com mais coragem aquilo que procura te tirar da presença dEle.
Pessoas que não buscam a direção de Deus ou ficam sem uma comunhão por muito tempo, são com certeza aquelas que o diabo vai se aproveitar para tentá-las, pois ele sabe que você esta vunerável naquele momento e vai te atacar, vai minando suas forças e quando você menos esperar já estará servindo ao senhor das trevas, ninguém cai de uma hora para outra, veja o que acontece em uma luta de boxe, os socos na região do basso, no estômago e no rosto vão minando sua resistência e passado alguns holds vai vai a lona, vai a nocaute, não por aquele golpe fatal no queixo, mas por todos os golpes que tomou antes, juntando-se todos ai esta a derrota do cristão. Foi exatamente por isto que Tiago disse que devemos é nos sujeitar a Deus, resistir ao diabo, a assim ele não terá chance de nos nocautear. lembre-se bem disso no seu próximo dia.

A paz em Cristo Jesus

Pr. Jorge Rodrigues 

9 de mar de 2011

Evangélicos de Salvador montam bloco de carnaval

Após a polêmica gerada pelo "Bloco Gospel Sal da Terra" no carnaval de Salvador, os participantes resolveram dar sua versão sobre a criação do grupo. Segundo os organizadores, o bloco faz parte de um ministério chamado Espiritual de Salvador no qual a idéia não é curtir o carnaval, mas sim evangelizar dentro dele já que nessa época os cristãos estariam preferindo ir a retiros ao invés de evangelizar as pessoas que estão participando da festa.
Há alguns anos poucas e raras igrejas de Salvador se reuniram para evangelizar no período de carnaval. Enquanto as demais igreja vão para retiros (praias, rios, cachoeiras, muita brincadeira, muito descanso e relaxamento) a cidade de Salvador na Bahia, como se conhece a terra do carnaval ou seja festa da carne, é tomada por todo tipo de demônios e potestades, pois a igreja está descansando nos retiros, se esquivando da realidade enquanto vidas são ceifadas pela violência, prostituição, consumo de bebidas e drogas. Foi nesta necessidade que se criou o espiritual de Salvador.
Os participantes também explicaram que não só a Igreja Batista Missionária está realizando o evento, mas outras 100 igrejas se uniram pelo propósito: “Como Josafá foi chamado à adoração diante da descomunal luta que tinha pela frente, nós como Igreja de Salvador temos também sido chamados a uma atitude a Deus diante do grande desafio espiritual representado pelo carnaval”, afirmou Alex Lage, participante do evento.
O Pastor Rosado, um dos organizadores do evento, afirmou que após a batucada será servida a santa ceia aos presentes. Também haverá um trio elétrico que tocará louvor durante as três horas de apresentação. O bloco Sal da Terra sai no domingo das 9 da manhã até às 12 horas no circuito Barra/Ondina. Para mais informações acesse o site oficial do Sal da Terra: http://www.espiritualdesalvador.com.br/
Quem vai atirar a primeira pedra?

Fonte: Gospel+

7 de mar de 2011

Nova perseguição aos cristãos

                                           ACENDEM-SE LUZES VERMELHAS!!
                                                           Igreja do Senhor e amigos

Segue informações que nos faz acreditar cada vez mais na Palavra " Biblia Sagrada " ... e que a volta de JESUS CRISTO estar cada vez mais perto .... Maranata vem Senhor Jesus
2 Timóteo 3:12 " E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições. "
Portanto aqueles que conhecem a Palavra do Senhor atentem para o recado de DEUS:
1 Pedro 1:16 " Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo. "
O deputado gay Jean Wyllys, famoso por ter ganho uma das edições do Big Brother Brasil, oficializou sua guerra contra as igrejas evangélicas. Em seu primeiro discurso na Câmara comemorou ser o primeiro gay assumido a ser eleito deputado e que lutará contra os cristãos e a favor da agenda gay. Jean também afirmou que seus atos são porque “luta pelos verdadeiros cristãos”. Entre seus principais anúncios destacam-se:
Abertura da contabilidade das Igrejas Evangélicas e por em discussão a imunidade fiscal das igrejas O deputado Jean Wyllys, do PSOL-RJ, pretende colocar em discussão no Congresso Nacional a imunidade fiscal das igrejas e propor a abertura de sua contabilidade para saber o destino do dízimo. A proposta de examinar as contas das igrejas é um contra-ataque à articulação dos deputados evangélicos para derrubar a portaria do Ministério da Fazenda que autoriza a partir deste ano que homossexuais com união estável façam declaração conjunta do Imposto de Renda, beneficiando-se com abatimento. O ex-BBB é o primeiro deputado que se elegeu colocando-se na campanha como representante dos homossexuais.
O deputado Ronaldo Fonseca (PR-DF) é quem está arregimentando apoio para invalidar a portaria. Um de seus argumentos é de que a concessão do benefício fiscal é uma exceção, como se os homossexuais fossem cidadãos especiais, o que é ilegal porque a Constituição estabelece que todos são iguais perante à lei. Ele disse que vai convocar o ministro Guido Mantega, da Fazenda, para tentar convencê-lo a recuar da medida.
Wyllys disse que também vai usar a ilegalidade e a exceção para questionar o regime fiscal privilegiado das igrejas. “Posso também exigir do ministro uma explicação por que as igrejas não prestam contas à sociedade. Se os partidos políticos prestam, por que igrejas não?”. Para Wyllys, a articulação dos evangélicos é homofóbica. Ele vai se reunir como lideranças que defendem as causas dos homossexuais, como a senadora Marta Suplicy (PT-SP), para organizar a reação aos evangélicos.
Fonseca, que é também pastor da Igreja Assembléia de Deus, disse que não aceita que o benefício aos gays seja aprovado apenas por uma “canetada”. “Tem de haver debate”. Wyllys rebateu dizendo que a imunidade fiscal das igrejas também tem de ser questionada.
PEC do casamento gay
O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), ex-BBB, afirmou nesta quinta-feira (24), em seu discurso de estréia na Câmara, que pretende apresentar um projeto de emenda à Constituição (PEC) que garanta o direito do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.
“Em parceria com outros sete parlamentares, estou reestruturando a Frente Parlamentar Mista pela Cidadania GLBT [Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgênero] e apresentando uma proposta de emenda constitucional que assegura aos homossexuais o direito do casamento civil. Se o estado é laico, os homossexuais têm de ter todos os direitos e leis garantidos. Inclusive o direito ao casamento civil”, disse o deputado.
Na análise do parlamentar, a competência sobre o casamento civil não deve ser das igrejas. “Se um casal pode se divorciar e em seguida partir cada um para novos casamentos é porque o casamento civil não é da competência das igrejas, nem das religiões”, declarou.
“Eu sou o primeiro homossexual assumido sem homofobia internalizada e ligado ao movimento GLBT a assumir como deputado federal. Eu disse que este seria o norte do meu mandato e vai ser”, afirmou o parlamentar, que no último sábado participou de uma manifestação em São Paulo contra a homofobia.
Jean Wyllys afirmou ainda que, na Câmara, vai integrar a Comissão de Finanças e Tributação, além de ser suplente na Comissão de Direitos Humanos.
Legalização de todos os projetos pró-gay, incluindo PLC 122
A senadora Marta Suplicy (PT-SP) já desarquivou o projeto que criminaliza a homofobia. O debate que parece não ter fim mobilizou as duas casas na última semana. De modo especial quando o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) fez seu discurso de estréia na Câmara.
Ele deixou claro sua posição e alfinetou a bancada evangélica, dizendo ter tido uma criação cristã, asseverando: “Se por um lado o cristianismo fundamentalista que vigora no Congresso Federal e sua ameaça ao estado democrático e de direito nos apavoram, por outro é inegável que foi o cristianismo livre de fundamentalismo que nos trouxe a idéia de que o que torna um homem virtuoso são seus atos. Sim, porque para o verdadeiro cristianismo um ser humano é virtuoso quando age em favor do bem comum”.
Wyllys garantiu ainda que lutará pelos direitos dos praticantes de religiões afro-brasileiras. Em entrevista recente à revista Época, ele afirmou que defende os verdadeiros cristãos: “o valor da vida e o respeito ao outro”.
O senador evangélico Magno Malta (PR-ES), membro da “Frente da Família”, e um dos líderes da bancada evangélica no Senado rebateu as propostas de Suplicy e Wyllys. Ele argumenta que:
“Se nós aprovarmos um projeto desse que você é criminoso por não aceitar a opção sexual de alguém, é claro, é como se você estivesse legalizando a pedofilia, o sadomasoquismo, a bestialidade”.
Disse ainda diz não ter dúvidas de que o projeto será arquivado. A Frente da Família também conta com a participação de parlamentares católicos, mas é menor em tamanho que a frente pró-gay. Estima-se que na Câmara Federal os que assumem defender interesses de evangélicos e católicos totalizem 85, enquanto os que já se declararam favoráveis ao reconhecimento dos direitos dos homossexuais cheguem a 154.

SHALOM

BISPO ELIAS ASSESSOR PARALAMENTAR