Clique na imagem para abrir o site

Você quer realizar o sonho de viajar para Israel?

Você quer realizar o sonho de visitar Israel?

Agora você pode realizar este sonho, entre em contato comigo por e-mail ou telefone, estamos montando uma caravana e temos ótimas condições para todos aqueles que desejam conhecer a Terra Santa e pisar na terra onde Jesus pisou, não perca esta oportunidade. Todos os meus contatos você encontra mais abaixo, não deixe para amanhã, entre em contato agora mesmo.
Todo cristão deve conhecer a Terra Santa, não perca esta oportunidade.

30 de set de 2009

Geração de decepcionados

Ao decepcionar-se numa igreja, o crente vai à busca de outra. Nas grandes cidades, há um contingente significativo de evangélicos que circulam, constantemente, de igreja em igreja, constituindo o fenômeno que os sociólogos chamam de "trânsito religioso".
Esta tese está descrita em trabalho de doutorado em teologia. A tese foi transformada em livro e deverá ser lançado entre abril e maio sob o título:
Decepcionados com a graça, Esperanças e frustrações no Brasil neopentecostal, de Paulo Romero
pela Editora Mundo Cristão.
O "nômade da fé", descreveu Romeiro na entrevista, busca respostas imediatas aos problemas, "uma vez que vivemos na era da velocidade. Se as respostas não chegam rápido, o sujeito procura uma nova igreja".
E o que essas pessoas que são atraídas às igrejas neopentecostais buscam? Que fiquem ricas, sejam curadas de todo tipo de doença e que todos os seus problemas sejam resolvidos, desde a falta de dinheiro até a falta de emprego. Essas são promessas da teologia da prosperidade, que propõe banir a pobreza, a doença.
O problema não está na prosperidade, mas na teologia ensinada. Para a teologia da prosperidade, o crente "deve morar em mansão, ter carrões, muito dinheiro e nunca ficar doente. Quando isso não acontece, é porque ele está sem fé, em pecado ou debaixo do poder de Satanás", explicou o pastor da Igreja da Trindade.
Romeiro mudou a lógica no argumento: "Ora, se formos avaliar a vida espiritual de uma pessoa pela casa onde mora ou pelo saldo bancário, temos que concluir que muitos jogadores de futebol e artistas têm uma comunhão com Deus fora do comum. E isso não é verdade".
Hoje em dia, analisou o pastor, as pessoas na igreja funcionam na base da emoção, e não pela reflexão. A teologia da prosperidade e todo esse clima de emoção têm forte apoio na mídia, um instrumento que as igrejas neopentecostais sabem trabalhar muito bem.
“Creio que o fator principal que garante a sobrevivência do movimento neopentecostal é o seu investimento pesado na mídia e o seu sucesso em colocar a igreja no mercado e as políticas do mercado na igreja”, avaliou Romeiro na entrevista à Eclésia.
Isso ainda vai durar algum tempo, representando crescimento dos principais grupos neopentecostais no Brasil. Mas não têm mais o mesmo ímpeto que tinha no passado.
Romeiro entende que, "na medida em que os adeptos vão se decepcionando com a mensagem e a falta de ética de alguns segmentos neopentecostais, creio que haverá uma volta à Bíblia por parte de muitos. Por isso, as igrejas cristãs devem estar preparadas para receber e ajudar tais pessoas", recomendou.
Na entrevista, Romeiro também questionou o fato de mais e mais pessoas se converterem e a situação da nação brasileira ficar cada vez pior, basta analisar os casos de violência, o tráfico de drogas, que estão "fora do controle das autoridades". Que Evangelho é esse que não afeta a sociedade para melhor nem transforma pecadores em santos? - pergunta.
O neopentecostalismo, definiu, é "vigoroso na sua ação evangelizadora, na capacidade de agrupar pessoas, mas frágil na sua ação disciplinadora".

Editora Mundo Cristão

7 de set de 2009

As metas provam o lider

TEXTO: Lucas 10:17- 20
VERDADE CENTRAL: As metas nos fazem viver, nos desafiam, nos consolidam.
INTRODUÇÃO: Duas palavras que ouvimos muito são: metas e alvos. Ficar ouvindo alguém nos pedir as metas não é nada confortável para nós, pois elas nos assustam. Mas, ninguém pode dizer que por causa da Visão Celular ficou mais pobre ou não consegue realizar os seus sonhos. Pelo contrário, havia os que nem sonhavam! A Visão despertou o sonho de ganhar vidas, de nos encontrarmos, e de termos um ministério com metas específicas que tragam resultados. O nosso medo das metas vem das referências negativas. Há pessoas que se sentem incomodadas quando começam a ser cobradas, pois apresentam deficiência nas relações com os pais e com patrões, e por esta razão, apresentam dificuldades em lidar com as metas dentro da Visão. O que faz alguém rejeitar as metas são os traumas que tem na alma. O líder precisa ser treinado na obediência para cumprir as metas e superar os traumas. O que fazer para que o discípulo cumpra as metas?
1. Ministre amor e segurança e lhe dê metas de trabalho.
TEXTO: João 21: 16 “... Simão, filho de João, ama-me? Respondeu-lhe: Sim, Senhor; tu sabes que te amo. Disse-lhe: Pastoreia as minhas ovelhas.”
Todo aquele que é amado e está seguro de que seu líder o respeita e o ama cumprirá metas propostas. Mas, quando ele se sente inseguro e a reunião se torna apenas de metas e cobranças, ele não responderá. Ame o discípulo provando que eles são importantes para você. Eles são importantes não porque lhe dão números, mas porque são vidas que valem mais que todo o universo.

2. Tenha um coração simples e mostre simplicidade aos seus discípulos.
TEXTO: Mateus 11: 29 “... aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração...”
Simplicidade é ter um coração acessível e facilitar os caminhos para que os discípulos cheguem a você. Quando isso acontecer, seus discípulos vão lhe amar e se sentir amados. Então, não ficaremos nessa correria louca e obstinada de caça aos 12 e 144. A Visão não trabalha com números, trabalha com vidas.

3. Não trabalhe para somar números.
TEXTO: Lucas 15:7 “... haverá maior alegria no céu por um pecador que se arrepende...”
Lembre-se que o resultado que está atrás de você tem carne, pele, osso, cheiro, emoções, nome e precisa ser respeitado. Tenha no coração o mesmo sentimento do coração de Jesus que mesmo sendo seguido por grandes multidões sempre sabia reconhecer o valor específico de cada indivíduo.
4. Lembre que os 12 não são fechamento de grupo, eles são governo.
TEXTO: Lucas 6:13 “...e escolheu doze dentre eles, aos quais deu também o nome de apóstolos...”
Um governo se relaciona. Tem que ser no mínimo diplomático, senão, não conquista. Precisamos ter a diplomacia do Reino para podermos entregar as metas e os nossos discípulos as cumprirem com alegria.

CONCLUSÃO: As metas não existem para nos assustar, e, sim, nos desafiar. Precisamos delas, pois desatam a nossa liderança e nos levam a descobrir a capacidade que temos, e você tem um grande potencial!

Pr. Jorge Rodrigues

1 de set de 2009

segredo da vitória

“E tudo quanto pedires em meu nome eu o farei, par que o Pai seja glorificado no Filho.”
“Se pedires alguma coisa em nome eu o farei.”
“Se me amardes, guardareis os meus mandamentos.” Jo 14:13,15.
Quando nós aprendemos a guardar os mandamentos divinos, nos tornamos bem-sucedidos em todos os sentidos, não estou aqui falando sobre a teologia da prosperidade que esta sendo pregada hoje nas igrejas, porque estão pegando estes versículos separadamente e fazem deles uma mina, não de ouro, mas de dízimos e ofertas, aqui Jesus nos ensina a pedir e clamar ao Pai a graça que Ele dá generosamente, essa é a única maneira de provar que amamos a Deus. O crente religioso, por viver e fazer tudo segundo os pregadores desta teologia acaba não recebendo nada de Deus e se torna mais um desviado a não querer saber mais de Jesus, acaba perdendo sua salvação pela ganância dos homens que fazem de tudo nas igrejas, dão fitinhas com nome de Jesus, estrela de Davi, arca da aliança, água e pão, diplomas, e muitas outras coisas que se eu ficar anotando, escreverei paginas e paginas e não conseguirei falar de tudo que dá nas igrejas e acabam isto se tornando macumba evangélica, tudo isto para que a oferta seja alta e ele tenha agrado diante do seu líder.
Se apenas seguirmos os mandamentos descritos por Jesus na bíblia, nos tornaremos salvos e é isto que importa, a nossa salvação, pois, que adianta eu ganhar o mundo inteiro e perder a minha alma. Se seguir os mandamentos, verdadeiramente o Senhor nos abençoará e, desse modo, seremos um vencedor, pois amar a Deus é o segredo de obter respostas a todas as nossas orações.
Neste versículo, Jesus resumiu o que é necessário para amá-lO. Quem não guarda Seus mandamentos não O ama, não precisa fazer sacrifícios ou se auto-flagelar na esperança de que isso agrade ao Pai e, então, Ele lhes conceda aquilo de que precise, mas isso é simplesmente inútil. Estas igrejas até pode aceitar essas coisas como prova de amor a Deus, mas, na verdade, isso é tentar fazer enxugar gelo.
A nossa missão principal neste mundo é guardar as boas novas de Cristo, o que significa amar o Senhor.
Se puder dar-lhe um conselho, que seja este: guarde todos os mandamentos, os quais não são pesados nem difíceis de serem observados. Esse é o segredo da vitória!

A paz em Cristo Jesus

Pr. Jorge Rodrigues